Você realmente pode confiar nos dados dos seus relatórios financeiros?

Como garantir a qualidade e confiabilidade das informações financeiras?

Praticamente todas as informações que são usadas para tomada de decisão na empresa são geradas ou processadas em algum sistema de TI, mesmo que seja apenas o Office. Ocorre que nem sempre essas informações podem ser realmente confiáveis. Veja um exemplo de um caso que conhecemos em uma de nossas consultorias: A empresa, uma indústria, tinha poucos sistemas de automação industrial e seu ERP estava bem desatualizado com as regras do fisco e dos processos internos. Moral da história, era mais um estado do Reino do Excel. O pior era que o Excel operava com os dados que o operador achava mais interessantes, afinal, não havia como validar nada. Ao final de alguns anos, descobriu-se que a empresa nunca teve os índices que acreditava possuir, e aqui leia-se saúde operacional e saúde financeira. Resultado, perda de confiança nos processos internos, demissões e muito pagamento de bônus sobre resultados que foram pagos indevidamente.
Esse caso serve apenas para ilustrar o perigo de nãos se conhecer os riscos associados com o uso dos recursos de TI.
Identifique gratuitamente seu perfil de risco de TI e veja como garantir a qualidade das suas informações financeiras. Acesse

Deixe um comentário